“Stranger Things”: the future of Latin American regionalism



Document title: “Stranger Things”: the future of Latin American regionalism
Journal: Conjuntura austral
Database: CLASE
System number: 000503980
ISSN: 2178-8839
Authors: 1
Institutions: 1Universidad Nacional de Rosario, Rosario, Santa Fe. Argentina
Year:
Season: Jul-Sep
Volumen: 11
Number: 55
Pages: 63-73
Country: Brasil
Language: Inglés
Document type: Artículo
Approach: Analítico, descriptivo
English abstract Latin American attempts at regionalism have been pursued through different waves. The last wave, post-liberal or post-hegemonic regionalism, is fading. Building on contributions from International Political Economy, European Studies and International Relations, the paper aims at answering two main questions: how can we characterize the current paths of regional integration in Latin America considering the trends of the last ten years? What can we expect of Latin American regionalism over the next decade? Grounded on a qualitative content analysis, we address three premises based on the past trajectory of Latin American regionalism in order to grasp some of the present and (possible) futures trends: membership of regional organizations, institutional design of regional organizations and the role of the United States. After contrasting these elements with recent Latin American regionalist developments, the paper engages in a creative exercise of forecasting. The purpose is not to pretend to know the future nor to predict it but to present two imaginable scenarios: a short-term scenario and a longer-term scenario. Maybe we are about to witness some “stranger things” in the future of Latin American regionalism, opening up to different realities, different explanations and alternatives
Portuguese abstract As tentativas latino-americanas de regionalismo têm sido perseguidas através de diferentes ondas. A última onda, o regionalismo pós-liberal ou pós- hegemônico, está desaparecendo. Com base em contribuições da Economia Política Internacional, dos Estudos Europeus e das Relações Internacionais, o artigo tem como objetivo responder a duas questões principais: como caracterizar os caminhos atuais da integração regional na América Latina considerando as tendências dos últimos dez anos? O que podemos esperar do regionalismo latino-americano na próxima década? Fundamentados em uma análise de conteúdo qualitativo, abordamos três premissas baseadas na trajetória passada do regionalismo latino-americano, a fim de compreender algumas das tendências atuais e (possíveis) futuras: a adesão de organizações regionais, o desenho institucional das organizações regionais e o papel dos Estados Unidos. Depois de contrastar esses elementos com os recentes desenvolvimentos regionalistas latino-americanos, o artigo se engaja em um exercício criativo de previsão. O objetivo não é fingir conhecer o futuro nem o prever, mas apresentar dois cenários imagináveis: um cenário de curto prazo e um cenário de longo prazo. Talvez estejamos prestes a testemunhar algumas “coisas estranhas” no futuro do regionalismo latino-americano, abrindo-se para diferentes realidades, diferentes explicações e alternativas
Disciplines: Relaciones internacionales
Keyword: Política internacional,
América Latina,
Regionalismo
Full text: https://docs.google.com/viewerng/viewer?url=https://seer.ufrgs.br/ConjunturaAustral/article/viewFile/105703/58607