Elites jurídicas e relações internacionais: Wilson Center e agenda anticorrupção do Judiciário brasileiro



Título del documento: Elites jurídicas e relações internacionais: Wilson Center e agenda anticorrupção do Judiciário brasileiro
Revue: Conjuntura austral
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000493360
ISSN: 2178-8839
Autores:
Año:
Periodo: Abr-Jun
Volumen: 11
Número: 54
Paginación: 105-122
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico, descriptivo
Resumen en inglés The article aims to bring elements to the analysis of the role of the think tanks in the building of the political agenda mobilized by the judicial institutions in Brazil 2000s. We focus on the role of the American think tank Woodrow Wilson International Center for Scholars in spreading the anticorruption agenda and in the relations established with the summit of the Judiciary on the national scene. Through content analysis of the successive reports published by the entity, as well as the connections between supporters, intellectuals and judicial agents who occupy prominent positions in the Brazilian Judiciary; we sought to explore the Wilson Center ideational production. The material obtained shows the direction of the Institute's actions towards the dissemination of the anti-corruption agenda. This process intensifies, especially as of 2014, when cooperation ties with the Brazilian legal elite arise through different events in a context of strong political and judicial protagonism around this agenda
Resumen en portugués O artigo pretende trazer elementos para a análise do papel dos think tanks na construção da agenda política das instituições judiciais no Brasil dos anos 2000. Para tanto, nos centramos no protagonismo do think tank norte-americano Woodrow Wilson International Center for Scholars na difusão da agenda anticorrupção e nas relações estabelecidas com a cúpula do Judiciário no cenário nacional. Através da análise de conteúdo dos sucessivos relatórios publicados pela entidade, bem como, das conexões entre apoiadores, intelectuais e agentes judiciais que ocupam postos de destaque no Judiciário brasileiro; buscou-se explorar a produção ideacional do Wilson Center. O material obtido evidencia o investimento das ações do Instituto em direção à difusão da agenda anticorrupção. Esse processo se intensifica, especialmente a partir de 2014, quando os laços de cooperação com a elite jurídica brasileira aparecem através de diferentes eventos em uma conjuntura de forte protagonismo político e judicial em torno dessa agenda
Disciplinas: Relaciones internacionales
Palabras clave: Política internacional,
Brasil,
Estados Unidos de América,
Corrupción,
Combate a la corrupción,
Políticas públicas,
Wilson Center,
Elites jurídicas,
Sistema jurídico
Texte intégral: https://seer.ufrgs.br/ConjunturaAustral/article/view/95920/57341