A representação do mar nos Dois Casos da Vida Náutica, de Ivan Gontcharóv



Título del documento: A representação do mar nos Dois Casos da Vida Náutica, de Ivan Gontcharóv
Revista: Navigator (Rio de Janeiro)
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000483964
ISSN: 0100-1248
Autores:
Año:
Periodo: Jun
Volumen: 15
Número: 29
Paginación: 98-112
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico, descriptivo
Resumen en inglés This paper analyzes the ambivalence of the representation of nature, specially the sea in the short story Two Cases of the Nautical Life, by Ivan Aleksandrovich Gontcharóv (1812-1891). We started with a brief explanation of the grand tour in XVIII century Europe, which brings a new color to the travelogue, and clarified some Russian peculiarities of this phenome-na and of the literary genre. Then we explored the meaning of travels to the east in Russian culture, and the insertion of the short-story in the Russian literary tradition, as well as the author’s works
Resumen en portugués O presente trabalho analisa a ambivalência da representação da natureza, em especial o mar no conto Dois Casos da Vida Náutica, de Ivan Aleksándrovitch Goncharóv (1812-1891). Para isso, começamos por uma breve exposição do fenômeno do grand tour na Europa do século XVIII, que dá um novo contorno ao relato de via-gens, e expusemos algumas particularidades russas dessa prática e desse gênero literário. Então exploramos o significado das viagens em direção ao leste na cultura russa, e a inserção do conto na tradição literária da Rússia, bem como na obra do autor
Disciplinas: Literatura y lingüística
Palabras clave: Forma y contenido literarios,
Literatura rusa,
Mar,
Naturaleza,
Goncharov, Ivan Alexandrovich,
Relatos de viajes
Texto completo: https://www.revistanavigator.com.br/navig29/dossie/N29_dossie7.pdf