Universidade, Bahia e berimbau, trajetórias de descolonização e educação



Título del documento: Universidade, Bahia e berimbau, trajetórias de descolonização e educação
Revista: Revista da FAEEBA
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000433943
ISSN: 0104-7043
Autors: 1
Institucions: 1Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Educacao, Salvador, Bahia. Brasil
Any:
Període: Jul-Dic
Paginació: 75-94
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico, crítico
Resumen en inglés This text presents some institutional spaces that we, as professor and researcher, conceived within the College of Education of the State of Bahia (Faeeba), today known as the Department of Education Campus I. It highlights the old Faeeba as an interesting place to nourish propositions and institutional initiatives developed by Decolonisation and Education Program (Prodese) with the African-Brazilian Communalities in Bahia. It also addresses a theoretical collection, demonstrating the concern of Prodese and its insurgency strategies in face of speeches and conceptual architectures that have treated the vibrant African civilization’s presence as an object of science, producing radical deformation on its history. Finally, the text indicates some institutional initiatives capable of expressing the exuberance of African-Brazilian thought, its symbolic system structured by a coherent philosophy of the world’s view and the fate of mankind
Resumen en portugués O texto apresenta alguns espaços institucionais que concebemos como professora e pesquisadora no âmbito da Faculdade de Educação do Estado da Bahia (Faeeba), hoje conhecida como Departamento de Educação do Campus I. Procura destacar a antiga Faeeba como um lócus interessante para abrigar as proposições e iniciativas institucionais desenvolvidas pelo Programa Descolonização e Educação (Prodese) junto às comunalidades africano-brasileiras na Bahia. Ao mesmo tempo realiza uma coletânea teórica demonstrando a inquietação do Prodese e suas estratégias de insurgência face aos discursos explicativos e arquiteturas conceituais que durante séculos tratou a pujante presença da civilização africana como objeto de ciência, produzindo deformações radicais sobre a história dessa civilização. Por fim, o texto indica algumas das iniciativas institucionais capazes de expressar toda a riqueza do pensamento africano-brasileiro, seu sistema simbólico estruturado por uma filosofia coerente de visão de mundo e do destino da humanidade
Disciplines Educación,
Sociología
Paraules clau: Historia y filosofía de la educación,
Ideología,
Alteridad,
Afrodescendientes,
Decolonialismo,
Estética,
Doctrinas y corrientes filosóficas,
Brasil
Text complet: Texto completo (Ver PDF)