Sociedade Civil e Política Externa Brasileira - Mudanças Conceituais e Participativas nos Governos FHC e Lula



Título del documento: Sociedade Civil e Política Externa Brasileira - Mudanças Conceituais e Participativas nos Governos FHC e Lula
Revista: Oikos (Rio de Janeiro)
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000385944
ISSN: 2236-0484
Autors: 1
Institucions: 1Universidade Estadual de Campinas, Campinas, Sao Paulo. Brasil
Any:
Volum: 11
Número: 2
Paginació: 281-301
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico, descriptivo
Resumen en inglés Characterized as one of the most insular policies of the Brazilian State, the foreign policy presence increasing participation of new actors in the formulation process. In this sense, the article seeks to present and evaluate the current spaces of civil society participation in the production of Brazilian foreign policy. Working with the hypothesis that the movement of expansion of social participation in Brazil's foreign policy follows the process of democratization of Brazilian public policies, but conditioned to the government positions and perceptions in relation to participatory spheres. The conclusion show a conceptual change in the amplitude of civil society participation in foreign policy, which directly impacts the types of spaces and purposeful range of civil society actors that relate to the Brazilian foreign policy
Resumen en portugués Caracterizada como uma da mais insuladas políticas do Estado Brasileiro, a política externa presencia o aumento da participação de novos atores no processo de formulação. Nesse sentido o artigo busca apresentar e avaliar os atuais espaços de participação da sociedade civil na produção da política externa brasileira. Trabalhando com a hipótese de que o movimento de ampliação da participação social na política externa brasileira acompanha, mesmo que de forma tardia, o processo de democratização das políticas públicas brasileiras, porém como um processo condicionado às percepções e posições governamentais em relação às esferas participativas. As conclusões evidenciam uma mudança conceitual na amplitude da participação da sociedade civil em política externa, a qual impacta diretamente nos tipos de espaços propositivos e na gama de atores da sociedade civil que se relacionam com a política externa brasileira
Disciplines Relaciones internacionales
Paraules clau: Política internacional,
Brasil,
Política exterior,
Sociedad civil,
Democracia,
Politización,
Gobierno
Text complet: Texto completo (Ver HTML)