Portal vein thrombosis in children and adolescents: 20 years experience of a pediatric hepatology reference center



Título del documento: Portal vein thrombosis in children and adolescents: 20 years experience of a pediatric hepatology reference center
Revista: Arquivos de gastroenterologia=Archives of gastroenterology
Base de datos: PERIÓDICA
Número de sistema: 000425414
ISSN: 0004-2803
Autors: 1
1
1
1
1
1
Institucions: 1Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Gastroenterología Pediátrica, Belo Horizonte, Minas Gerais. Brasil
Any:
Període: Ene-Mar
Volum: 49
Número: 1
Paginació: 69-76
País: Brasil
Idioma: Inglés
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Caso clínico
Resumen en inglés ABSTRACT – Context - Portal vein thrombosis refers to a total or partial obstruction of the blood flow in this vein due to a thrombus formation. It is an important cause of portal hypertension in the pediatric age group with high morbidity rates due to its main complication - the upper gastrointestinal bleeding. Objective - To describe a group of patients with portal vein thrombosis without associated hepatic disease of the Pediatric Hepatology Clinic of the Hospital das Clínicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brazil with emphasis on diagnosis, presentation form and clinical complications, and the treatment of portal hypertension. Methods - This is a descriptive study of a series of children and adolescents cases assisted from January 1990 to December 2010. The portal vein thrombosis diagnosis was established by ultrasound. Results - Of the 55 studied patients, 30 (54.5%) were male. In 29 patients (52.7%), none of the risk factors for portal vein thrombosis was observed. The predominant form of presentation was the upper gastrointestinal bleeding (52.7%). In 20 patients (36.4%), the initial manifestation was splenomegaly. During the whole following period of the study, 39 patients (70.9%) showed at least one episode of upper gastrointestinal bleeding. The mean age of patients in the first episode was 4.6 ± 3.4 years old. The endoscopic procedure carried out in the urgency or electively for search of esophageal varices showed its presence in 84.9% of the evaluated patients. The prophylactic endoscopic treatment was performed with endoscopic band ligation of varices in 31.3% of patients. Only one died due to refractory bleeding.Conclusions - The portal vein thrombosis is one of the most important causes of upper gastrointestinal bleeding in children. In all non febrile children with splenomegaly and/or hematemesis and without hepatomegaly and with normal hepatic func
Resumen en portugués RESUMO – Contexto - Trombose da veia porta refere-se a uma obstrução total ou parcial do fluxo de sangue nesta veia devido à formação de um trombo. É uma causa importante da hipertensão porta na faixa etária pediátrica, com taxas elevadas de morbidade devido a sua principal complicação – a hemorragia digestiva alta. Objetivo - Descrever o grupo de crianças e adolescentes com trombose de veia porta sem doença hepática associada do Ambulatório de Hepatologia Pediátrica do Hospital das Clínicas da UFMG, Belo Horizonte, MG, Brasil, com ênfase no diagnóstico, forma de apresentação, complicações clínicas e na abordagem da hipertensão porta. Métodos - Trata-se de estudo descritivo de uma série de casos de crianças e adolescentes atendidos de janeiro de 1990 a dezembro de 2010. O diagnóstico de trombose de veia porta foi estabelecido por ultrassonografia. Resultados - Dos 55 pacientes analisados, 30 (54,5%) eram do gênero masculino. Em 29 pacientes (52,7%) não foi identificado nenhum fator de risco para trombose de veia porta. A forma de apresentação predominante foi hemorragia digestiva alta (52,7%). Em 20 pacientes (36,4%), a manifestação inicial foi esplenomegalia. Durante todo o período de seguimento, 39 pacientes (70,9%) apresentaram, pelo menos, um episódio de hemorragia digestiva alta. A média de idade dos pacientes neste primeiro episódio foi de 4,6 ± 3,4 anos. O exame endoscópico, seja realizado na urgência ou eletivamente para pesquisa de varizes esofágicas, mostrou sua presença em 84,9% dos pacientes avaliados. O tratamento endoscópico profilático foi realizado com ligadura elástica de varizes em 31,3% dos pacientes. Apenas um evoluiu para óbito devido a sangramento refratário. Conclusões -A trombose de veia porta é uma das causas mais importantes de hemorragia digestiva alta em crianças. Deve-se suspeitar de trombose de veia porta em tod
Disciplines Medicina
Paraules clau: Sistema cardiovascular,
Gastroenterología,
Terapéutica y rehabilitación,
Trombosis venosa,
Vena porta,
Hipertensión portal,
Niños,
Adolescentes
Keyword: Cardiovascular system,
Gastroenterology,
Therapeutics and rehabilitation,
Venous thrombosis,
Portal vein,
Portal hypertension,
Children,
Adolescents
Text complet: http://www.scielo.br/pdf/ag/v49n1/12.pdf