Atuação de profissionais de saúde em doação de órgãos na perspectiva do familiar: uma análise problematizadora



Título del documento: Atuação de profissionais de saúde em doação de órgãos na perspectiva do familiar: uma análise problematizadora
Revista: Arquivos de ciencias da saude da UNIPAR
Base de datos: PERIÓDICA
Número de sistema: 000421263
ISSN: 1415-076X
Autors: 1
1
2
Institucions: 1Universidade de Sao Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirao Preto, Ribeirao Preto, Sao Paulo. Brasil
2Universidade Estadual de Maringa, Departamento de Enfermagem, Maringa, Parana. Brasil
Any:
Període: May-Ago
Volum: 19
Número: 2
Paginació: 139-145
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico, descriptivo
Resumen en inglés Our aim in this study was to evaluate the opinion of the family about the professional performance during the process of organs donation (POD). In order to do so, a qualitative meta-synthesis from Brazilian studies between 2001 and January 2013 was performed. Data were collected from (i) Pubmed, (ii) SCOPUS, (iii) CINAHL, (iv) EMBASE, (v) Web of Science, (vi) Science Direct, (vii) LILACS, and (viii) BDENF. A total of seven out of 273 papers were considered relevant. These were carefully read in order to assess methodology, subjects investigated, results and conclusions. The analyzes have allowed the definition of three categories: (a) lack of confidence in the professional, (b) professional performance without understanding of relatives emotional state, (c) professional apathy in providing information to the family. The last category was subdivided into (i) lack of information about a possible brain death, and (ii) subsequent procedures about POD. These studies revealed the complexity of actions in the POD, particularly on bureaucracy, delay, family fatigue and wear. Thus, it can be concluded that it is necessary to invest efforts on training the professional involved in the POD to protect the psychological state of the family
Resumen en portugués Objetivou-se conhecer a atuação profissional no processo de doação de órgãos na perspectiva do familiar. Realizou-se metassíntese qualitativa de estudos brasileiros publicados entre 2001 a janeiro de 2015 veiculados na PubMed, SCOPUS, CINAHL, EMBASE, Web of Science, Science Direct, LILACS, BDENF. Resultando em 273 trabalhos, que após levantamento efetivo e exaustivos, resultaram sete artigos, os quais foram selecionados e submetidos à leitura criteriosa quanto à metodologia utilizada, sujeitos investigados, resultados obtidos e conclusões. Processaram-se sínteses, construídas da análise temática dos resultados, permitindo a definição de três categorias: a) Falta de confiança na atuação profissional; b) Atuação profissional sem compreensão e acolhimento no momento familiar; c) Falta de informação à família pelo profissional, desmembrada nas subcategorias: c.1) Falta de informação à família pelo profissional referente à possível morte encefálica; c.2) Falta de informação à família pelo profissional referente aos trâmites pós-doação. Depreendeu-se da complexidade de ações do processo de doação de órgãos, envolvendo: burocracia, demora, desgaste e cansaço, necessitando de investimentos na formação dos profissionais para melhoraria da atuação, considerada incipiente pelos familiares
Disciplines Medicina
Paraules clau: Salud pública,
Educación en salud,
Donación de órganos,
Análisis basado en problemas
Keyword: Public health,
Health education,
Organ donation,
Problem based analysis
Text complet: Texto completo (Ver HTML)