Entre o conservadorismo orçamentário e o desenvolvimento regional: finanças públicas e infraestrutura de transportes em Minas Gerais na Primeira República



Document title: Entre o conservadorismo orçamentário e o desenvolvimento regional: finanças públicas e infraestrutura de transportes em Minas Gerais na Primeira República
Journal: América Latina en la historia económica
Database: CLASE
System number: 000453417
ISSN: 2007-3496
Authors: 1
1
1
Institutions: 1Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais. Brasil
Year:
Season: May-Ago
Volumen: 24
Number: 2
Pages: 148-200
Country: México
Language: Portugués
Document type: Artículo
Approach: Analítico, descriptivo
English abstract The principal scope of this study is to examine, based on new evidence, the evolution of the public finances of Minas Gerais in the Old Republic, with an emphasis on the role of transportation infrastructure expenditures. Also discussed is the conflict between concern over budgetary equilibrium and development policies. The first section analyzes state revenues and expenses, with emphasis on the classification of the behaviors of these variables over the period and the determination of the main categories that make them up. Also analyzed is the evolution of government funded debt, as well as its correlation with public expenditures. The second section specifically analyzes expenses on transportation infrastructure–in this case, railroads and highways, first by examining the relationship between growth in the railway network and State outlays for interest guarantees, subsidies and loans to railway companies, and then the evolution of expenditures on railways
Portuguese abstract O principal escopo é examinar, com base em novas evidências, a evolução das finanças públicas de Minas Gerais na República Velha, com destaque para o lugar do dispêndio com a infraestrutura de transportes. Também se discute a vigência de conflito entre preocupação com o equilíbrio orçamentário e políticas de desenvolvimento. Na primeira seção são analisadas as receitas e despesas estaduais, com ênfase na classificação dos comportamentos assumidos por essas variáveis ao longo do período e na determinação das principais rubricas que as compunham. Também é examinada a evolução da dívida fundada, assim como sua correlação com as despesas públicas. A segunda seção analisa especificamente os gastos com a infraestrutura de transportes, nomeadamente ferrovias e estradas de rodagem. Primeiro o relacionamento entre o crescimento da malha ferroviária e as despesas do Estado com garantias de juros, subvenções e empréstimos a companhias ferroviárias. Em seguida a evolução dos gastos com rodovias
Disciplines: Economía
Keyword: Historia y filosofía de la economía,
Brasil,
Minas Gerais,
República Velha,
Economía nacional,
Finanzas públicas,
Desarrollo regional,
Transportes
Full text: Texto completo (Ver PDF)