Auxílio-Reclusão: um direito restrito



Título del documento: Auxílio-Reclusão: um direito restrito
Revista: Revista katalysis
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000402020
ISSN: 1414-4980
Autors: 1
Institucions: 1Instituto de Bioetica, Direitos Humanos e Genero, Brasilia, Distrito Federal. Brasil
Any:
Període: Ene-Jun
Volum: 17
Número: 1
Paginació: 120-129
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico, descriptivo
Resumen en inglés This article analyzes access to incarceration assistance in Brazil in the period from 2002-2012. Incarceration assistance is a benefit of the social security system that is dedicated to the protection of dependents of people who are imprisoned who are eligible for social security benefits and have low income. A comparative longitudinal analysis of the data about social security benefits paid between the years 2002-2012 was conducted, and an analysis of data about the incarcerated population in the same period. The study found an increase in the number of benefits paid and in the volume of resources destined to incarceration assistance, which grew above the average of most of the social security benefits. Despite this, incarceration assistance is still a restricted benefit with low coverage, benefitting 7% of Brazil's incarcerated population
Resumen en portugués Esse artigo analisa o acesso ao auxílio-reclusão no Brasil, no período entre 2002 e 2012. O auxílio-reclusão é um benefício da previdência social que visa à proteção dos dependentes de pessoas presas que estejam em condição de segurada e que tenham baixa renda. Foi realizada análise longitudinal comparativa dos dados dos benefícios previdenciários pagos entre os anos de 2002 a 2012, bem como a análise dos dados sobre a população carcerária no mesmo período. Foi possível verificar o aumento no número de benefícios pagos e no volume de recursos destinados ao auxílio-reclusão, que cresceu mais que a média da maior parte dos benefícios previdenciários. Apesar disto, o auxílio-reclusão ainda é um benefício restritivo e com baixa cobertura, beneficiando 7% da população carcerária do Brasil
Disciplines Ciencia política
Paraules clau: Gobierno,
Seguridad social,
Reclusos,
Prestaciones,
Apoyo económico,
Brasil
Text complet: Texto completo (Ver HTML)