Antecedentes filosoficos e teologicos do conceito pascaliano de natureza humana



Título del documento: Antecedentes filosoficos e teologicos do conceito pascaliano de natureza humana
Revista: Kriterion
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000274947
ISSN: 0100-512X
Autors: 1
Institucions: 1Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo. Brasil
Any:
Període: Dic
Volum: 47
Número: 114
Paginació: 367-408
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico
Resumen en inglés The paper intends to examine the antecedents of the Pascalian concept of human nature, from the Aristotelian matrix of the idea of nature, going through the Christian absorption of this concept in Augustine and Thomas, to the elaboration of the theological concept of pure nature in Late Scholastics and its critic by Jansenius. Pascal deepens this criticism, showing that the completeness and sufficiency presupposed in the idea of pure nature are incompatible with the present human condition, though human unhappiness points to the fact that human nature remains relevant as an non-achievable demand
Resumen en portugués O artigo pretende examinar os antecedentes do conceito pascaliano de natureza humana, desde a matriz aristotélica da idéia de natureza, passando pela absorção do conceito pelo pensamento cristão de Agostinho e Tomás, pela constituição do conceito teológico de pura natureza na escolástica tardia e sua crítica por Jansenius. Pascal aprofunda essa crítica, mostrando que a completude e a suficiência pressupostas na idéia de pura natureza são incompatíveis com a atual condição do homem, embora a infelicidade humana aponte para o fato de que a natureza humana permanece relevante como uma exigência irrealizável
Disciplines Religión,
Filosofía
Paraules clau: Teología,
Doctrinas y corrientes filosóficas,
Pascal, Blaise,
Naturaleza humana,
Naturaleza,
Incompletud
Text complet: Texto completo (Ver HTML)