O homem: o ser do trabalho na sociedade civil burguesa



Título del documento: O homem: o ser do trabalho na sociedade civil burguesa
Revista: Kinesis (Marilia)
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000406446
ISSN: 1984-8900
Autors: 1
Institucions: 1Universidade Estadual do Ceara, Fortaleza, Ceara. Brasil
Any:
Període: Jul
Volum: 5
Número: 9
Paginació: 109-123
País: Brasil
Idioma: Portugués
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico
Resumen en inglés This research brings an analysis about the effectuation of freedom within the civil bourgeois society, more specifically in the System of Deficiencies, as well as its direct relation with the free work. For that, it was necessary the use of the work: “Elements of the Philosophy of Right” of Georg Wilhelm Friedrich Hegel. The aim is to demonstrate the spiritual aspect of the work, which assumes a fundamental value of liberty for Hegel, because it allows men lift from a pure, immediate and natural determination to the sphere of culture creation. The method of exposure of the present research is in the form of speculative dialectics which highlights the liberation movement exposed in the System of Deficiencies through the work. Therefore, the work acquires a positive aspect which enables the “me” (ich) to achieve the satisfaction of social needs, having as a result the liberation of nature
Resumen en portugués A presente pesquisa traz uma análise sobre a efetivação da liberdade no interior da sociedade civil burguesa, mais e specificamente no Sistema das Carências, bem como sua relação direta com o trabalho livre. Para tanto, foi necessário à utilização da obra: "Linhas fundamentais da filosofia do direito ou Direito natural e ciência do Estado em Compêndio" do autor Georg Wilhelm Friedrich Hegel. O objetivo é demonstrar o aspecto espiritual do trabalho, este que para Hegel assume um valor fundamental de libertação, pois possibilita ao homem se erguer de uma pura determinação imediata e natural para uma esfera de criação da cultura. O método de exposição da presente pesquisa se dá na forma da Dialética especulativa que ressalta o movimento de libertação exposto no Sistema das Carências através do trabalho. Portanto, o trabalho adquire um aspecto positivo que possibilita o eu (ich) alcançar a satisfação das necessidades sociais, tendo como resultado a libertação da natureza
Disciplines Filosofía
Paraules clau: Doctrinas y corrientes filosóficas,
Filosofía política,
Filosofía del derecho,
Hegel, Georg Wilhelm Friedrich,
Burguesía,
Sociedad civil,
Libertad
Text complet: Texto completo (Ver PDF)