A OTAN e o Atlântico Sul



Título del documento: A OTAN e o Atlântico Sul
Revista: Conjuntura austral
Base de datos: CLASE
Número de sistema: 000487337
ISSN: 2178-8839
Autors: 1
Institucions: 1Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", Sao Paulo. Brasil
Any:
Període: Jul-Sep
Volum: 10
Número: 51
Paginació: 82-108
País: Brasil
Idioma: Inglés
Tipo de documento: Artículo
Enfoque: Analítico, descriptivo
Resumen en portugués Este artigo contribui para os estudos sobre operações out-of-area da OTAN focado no Atlântico Sul. Pela primeira vez, essa região apareceu na agenda da organização na década de 1970, quando a presença soviética ameaçou o transporte marítimo comercial das potências ocidentais. Após a Guerra Fria, a Aliança transformou suas capacidades e estrutura para adaptar-se aos eventos do novo cenário de segurança internacional, expandindo atividades além das fronteiras do Atlântico Norte. Acordos de parceria com a Colômbia e Mauritânia, exercícios militares conjuntos com Cabo Verde, Gana e outros países da África Ocidental evidenciam a projeção da OTAN no Atlântico Sul. Além disso, o artigo expõe a abundância de recursos naturais, as ameaças à segurança e a crescente projeção de atores extrarregionais (Rússia, China e Índia) como prováveis fatores de engajamento da OTAN na região
Disciplines Relaciones internacionales
Paraules clau: Política internacional,
Europa,
Atlantico sur,
Organización del Tratado del Atlántico Norte (OTAN),
Alianzas militares,
Geopolítica
Text complet: Texto completo (Ver HTML)